Há muitas histórias sobre a saúde bucal que nem sempre são verdade. Aprenda a diferenciar o que é o mito e o que é real e garanta um sorriso bonito e saudável. Nesse artigo você vai conhecer os mitos que existem sobre a saúde bucal e que podem impedir muitas pessoas de cuidar corretamente dos dentes e gengivas.

Nem sempre o que se ouve falar por aí sobre o tema é uma verdade. Em alguns casos, as “dicas que prometem cuidar dos dentes e gengivas” podem causar mais danos do que se imagina.

Por isso, não se deve acreditar em tudo o que se ouve, e em caso de dúvidas é sempre indicado procurar um dentista.

Para que possa ir sanando algumas das principais questões, separamos alguns mitos e verdades para que não prejudique a sua saúde bucal.

saúde bucal

 

1. É preciso escovar os dentes logo após as refeições

Mito – Sempre se deve escovar os dentes após comer, entretanto, é preciso aguardar cerca de 30 minutos para começar a escovação.
Esse é o tempo necessário para que a saliva possa agir e neutralizar o PH dos alimentos que podem causar algum dano, principalmente ao esmalte dos dentes.

2. Aparelho odontológico pode causar a perda dos dentes

Verdade – Se o aparelho não for colocado por um especialista e somente em casos de indicação, é possível que a reabsorção óssea ocorra de forma inadequada. Isso pode causar danos e até mesmo a perda dos dentes, o que pode levar a ter que recorrer a algum implante dentário.

De acordo com Dr. Guilherme Rothier, as técnicas de implante dentários são usadas, em sua maioria, para casos específicos – como problemas bucais, cáries ou acidentes -, mas caso haja o uso inadequado do aparelho, elas podem ser utilizadas para solucionar a perda de dentes.

O ideal, porém, é que o uso do aparelho não cause nenhum problema, ao contrário, que corrija um erro já existente (ou seja, deve ser um solucionador de problemas), por isso precisa ser acompanhado por um profissional.

3. Sempre que passar o fio dental, a gengiva vai sangrar

Mito – Se ocorre um sangramento ao usar o fio dental é sinal de que existe um problema, que pode, por exemplo, ser resultado da gengiva inflamada pelo acúmulo de placa bacteriana.
Se o uso do fio dental for regular, esse problema dificilmente ocorrerá e ao ser utilizado apenas contribuirá com a limpeza e cuidados da saúde bucal.

4. Fazer um clareamento deixará os dentes sensíveis

Verdade – O clareamento só deve ser realizado por profissionais e, conforme a substância utilizada, o paciente pode sentir maior sensibilidade durante o período de tratamento.

Porém, não é comum que os dentes fiquem sensíveis por um longo período. Se isso acontecer, pode ser indício de outros problemas com a saúde bucal.

5. É mais importante escovar os dentes à noite

Verdade – A indicação é que se escove os dentes sempre após as refeições, respeitando o limite de 30 minutos. Porém, à noite a atenção deve ser intensificada.
Esse é o período que os alimentos tendem a se acumular por mais tempo, pois a pessoa está dormindo. Se não houver um cuidado correto com a higienização, existe uma maior chance de surgirem as cáries.

6. As grávidas costumam ter mais cáries e problemas com a saúde bucal

Verdade – Durante a gestação ocorrem mudanças hormonais que diminuem a proteção da saliva e, combinada com o aumento do consumo de alimentos, existem maiores chances de se ter cáries.
Por isso, além dos cuidados com o pré-natal, a gestante deve incluir em sua lista de afazeres as visitas regulares ao dentista.

7. É preciso usar muito creme dental para ter um bom resultado

Mito – Não é preciso aplicar uma grande quantidade de pasta de dente para cuidar da higiene e saúde bucal. Uma pequena quantidade colocada no meio das cerdas já é suficiente para aproveitar todos os benefícios do produto.

O creme dental apenas contribuirá com a limpeza, mas o que realmente remove a placa bacteriana e restos de alimentos é a escova.

Depois de esclarecer alguns dos mitos e verdade sobre a saúde bucal fica muito mais fácil garantir dentes bonitos e saudáveis. Porém, não se limite aos cuidados domésticos, frequente um dentista regularmente.

Fontes: Minhavida, Saude.abril