Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Quais os sintomas da tireoide na gravidez? espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Saúde. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

Acima de tudo, precisamos primeiramente entender o que significa a tireoide e qual a sua função, só desse modo poderemos compreender melhor os sintomas da tireoide na gravidez.

A tireoide é uma glândula localizada logo abaixo do Pomo de Adão, encontra-se na parte anterior do pescoço.

A função da glândula tireoide consiste em regular o funcionamento de alguns órgãos muito importantes como o cérebro, coração, rins e fígado.

Além disso é através dessa glândula que os hormônios T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina) são produzidos.

Essa glândula possui forma bem parecida com a de uma borboleta e seu desequilíbrio pode ocasionar o mau funcionamento desses órgãos.

Incidência

O hipotireoidismo (níveis da tireoide baixo) é muito frequente entre as mulheres, pois normalmente age de forma assintomática, ou seja, a mulher não percebe que tem pois os sintomas não se apresentam, é o hipotireoidismo subclínico, seus sintomas não são evidentes.

O correto é que antes de engravidar, a mulher faça um planejamento associado a vários exames recomendados pelo ginecologista ou obstetra, afim de identificar qualquer detalhe que tenha efeitos na gestação.

Assim como no caso da tireoide, por desempenhar papeis tão importantes para a função dos órgãos e organismo, antes de engravidar seus níveis de tireoide devem ser estudados, visto que sua correta função não apenas facilita e favorece a fecundação e auxilia na fixação do embrião no útero, como também altera fatores relacionados ao crescimento e desenvolvimento do bebê na gravidez.

Portanto, quando os níveis da tireoide estão desequilibrados a fertilidade da mulher pode ser afetada.

Assim, como a incidência de níveis elevados (hipertireoidismo) ou níveis muito baixos(hipotireoidismo) durante a gravidez, podem afetar a gestação.

Sintomas

Os sintomas da tireoide na gravidez, podem ser:

A gestação é uma fase muito delicada que devido a inúmeras transformações no corpo e organismo, podem alterar a imunidade, deixando a gestante mais suscetível a problemas relacionados a saúde assim como o desregulamento de hormônios.

Portanto, podemos dizer que toda gestante terá sua tireoide afetada, entretanto, a grande maioria mesmo apresentando alterações, encontra-se dentro da normalidade.

O hipotireoidismo ocorre quando há letargia, nos casos em que o funcionamento ocorre de forma mais lenta, na grande maioria das vezes acarreta em sintomas como o aumento de peso, pele ressecada e cansaço em excesso.

Já o hipertireoidismo se evidencia quando existe a ocorrência do metabolismo acelerado, causando também a aceleração dos batimentos cardíacos (taquicardia) da mãe e do feto.

De todo modo, devido a ocorrência do hipertireoidismo, as gestantes podem emagrecer, sentir muito calor e transpirarem muito, além de sofrerem de uma inquietude em demasia, causando tremores durante o período do dia, e, ocasionando a insônia a noite.

Esses são os sintomas associados ao hipertireoidismo, quando os níveis da tireoide se encontram muito altos.

As oscilações causadas pela glândula tireoide podem aumentar o risco de aborto, assim como também podem ocasionar o parto prematuro.

Tratamento

Na maior parte dos casos de alterações da tireoide na gravidez, o tratamento é simples. Do qual em geral consiste em remédios recomendados pelo médico especialista, com a finalidade de repor ou estabilizar os hormônios.

Portanto, o acompanhamento médico é imprescindível para gestantes que tenham algum desequilíbrio da tireoide, através desse acompanhamento medidas devem ser adotadas para regularizar os níveis de tireoide. Consequentemente, dessa forma, o risco de aborto ou parto prematuro será evitado.