Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Como é o sangramento no início da gravidez? espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Saúde. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

Como pudemos reparar em artigos anteriores, existem diferentes tipos de sangramento na gravidez assim como se diferenciam de acordo com suas características em relação aos estágios da gestação.

Portanto, por meio deste artigo buscamos explicar como é o sangramento no início da gravidez assim como situações que podem causar estes sangramentos, afim de possibilitar uma conscientização promovendo a prevenção e alerta em relação aos sintomas associados.

Um dos sangramentos mais comuns no início da gravidez certamente é o sangramento ocasionado pela nidação, que ocorre quando o embrião se fixa na parede interna do útero, como resultado dessa implantação do embrião o sangramento pode ser causado.

Normalmente, ele ocorre como se fosse apenas um escape, geralmente apensa causa uma mancha na calcinha ou absorvente, seu fluxo não é intenso e a cor se assemelha a borra de café.

Existem também sangramentos no início da gravidez que podem ocorrer devido ao esforço físico, como correr, subir escadas, pegar peso, entre outros.

Geralmente esses tipos de sangramento tem uma cor mais intensa, mas continuam sendo em pouca quantidade.

Do mesmo modo que esses sangramentos podem se apresentar devido a relação sexual, pois durante a gestação existe um aumento de fluxo sanguíneo em todo o corpo, e na região vaginal podem existir vasos sanguíneos dos quais estejam mais vulneráveis e suscetíveis ao rompimento, como resultado a penetração pode causar um atrito, causando o rompimento desses vasos e estimulando o sangramento.

O sangramento pode surgir durante a relação intima, ou logo após e normalmente também se dão em pouquíssima quantidade.

Existem até mesmo mulheres que continuam menstruando até o quarto mês de gestação, mesmo sendo muito raro pode vir a acontecer, isso pode acontecer devido a causas hormonais.

Outros tipos de sangramento no início da gravidez podem ser mais preocupantes, em geral isso acontece quando ocorrem outros sintomas associados.

Esses sintomas secundários ou que se apresentam acompanhados ao sangramento podem ser:

  • dor intensa na região pélvica ou abdominal,
  • dor forte ao realizar atividades físicas ou fazer esforço,
  • dor ao evacuar,
  • mal odor,
  • coceira,
  • e em casos mais graves a hemorragia intensa.

As causas mais preocupantes do sangramento na gravidez estão relacionadas a infecções, gravidez ectópica, risco de aborto, rompimento da placenta, deslocamento da placenta, entre outros.

Portanto é necessário estar atenta para as características em geral do tipo de sangramento, para relatar todos os detalhes ao médico, afim de diagnosticar precisamente e efetuar o tratamento.

Qualquer situação de sangramento deve ser informada ao médico, para se estabelecer o devido acompanhamento no pré-natal é necessário que seja realizado uma consulta a cada mês, portanto, anote as dúvidas e informações relevantes para não se esquecer de nada.

E lembre-se em casos mais graves de dor ou sangramento, não hesite em procurar ajuda médica imediatamente, pois sua vida e a do seu bebê podem estar em risco.

É certo que todo sangramento durante a gravidez é preocupante, mas, compreender um pouco melhor sobre a sua causa e aspectos que os representa, nos ajuda a ficarmos mais tranquilas.