Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Colágeno Hidrolisado, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Saúde. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

 

O que é colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado é composto de pequenos aminoácidos, que ajudam a formar o novo colágeno no corpo. Embora não haja atualmente nenhuma evidência apoiando suas muitas alegações, alguns sugerem que é capaz de aumentar os estoques de massa muscular magra, tratar a artrite e até mesmo reconstruir certos órgãos. Atualmente, não há efeitos colaterais conhecidos, mas o encaminhamento médico é recomendado.

 

Qual a origem

O colágeno hidrolisado é o colágeno derivado do osso bovino e da cartilagem. Normalmente, o osso é esmagado, moído, desengordurado, embebido em ácido para remover o cálcio, embebido novamente para romper as ligações de colágeno e, em seguida, desidratado. Este processo resulta em pequenos aminoácidos intactos que não foram danificados. Estes aminoácidos são rapidamente absorvidos pela corrente sanguínea e são usados ​​como blocos de construção do novo colágeno.

História

O colágeno hidrolisado tem sido usado durante o cozimento por mais de 100 anos, e é conhecido por melhorar a qualidade do cabelo e fortalecer o cabelo. A Knox Gelatin foi uma das primeiras empresas a promover comercialmente o colágeno hidrolisado, ou gelatina, como um produto alimentício.

Reivindicações

Embora atualmente não existam estudos científicos comprovando os benefícios do uso, suas alegações são numerosas. Colágeno hidrolisado é reivindicado por alguns para proteger e até mesmo ajudar na obtenção de ganhos em massa muscular magra, para ajudar a melhorar os sintomas da artrite, e promover a perda de peso através da queima de gordura, em vez de carboidratos e proteínas.

Outros benefícios potenciais do colágeno hidrolisado incluem melhorias na tonificação e espessamento da pele, reconstrução articular, fortalecimento arterial, aumento de energia e reconstrução de órgãos. Alguns sugerem que o colágeno hidrolisado pode resolver problemas crônicos como osteoporose, pressão alta, artrite nas articulações, fraqueza da bexiga, fadiga crônica, respiração superficial, problemas autoimunes e de pele e cravação das unhas.

Usos adicionais

O colágeno hidrolisado, na forma de pó seco, pode ser reconstituído e ainda é usado como um produto alimentício de gelatina. É um produto alimentar comestível e pode ser consumido em quantidades recomendadas para a ingestão diária de proteína. É também frequentemente utilizado no revestimento de cápsulas de muitos medicamentos para um consumo mais fácil.

Efeitos colaterais e interações medicamentosas

Embora não existam atualmente efeitos colaterais conhecidos associados ao uso de colágeno hidrolisado como um produto comestível, quando usado topicamente, como em xampus e outros produtos capilares, descobriu-se que ocasionalmente causa dermatite. O colágeno hidrolisado não apresentou interações alimentares ou medicamentosas significativas – no entanto, ainda é recomendável que os indivíduos consultem seu médico ou profissional de saúde antes de iniciar o uso. O encaminhamento médico é especialmente importante para as mulheres grávidas ou amamentando.