Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Lipoaspiração: ‘vilã ou mocinha’?, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Estética. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

Um procedimento de alto risco, ou uma solução milagrosa para acabar com a gordura localizada? Afinal, qual dessas premissas define melhor a tão falada lipoaspiração? O objetivo deste texto é justamente esclarecer tais questões e ajudar quem está buscando um procedimento para reduzir a gordura localizada. Acompanhe as informações abaixo e fique muito mais informada antes de se decidir.

 

  • A lipoaspiração é uma cirurgia?

 

Sim. Todos os procedimentos que visam a retirada de gordura por meio de aspiração são considerados cirurgia. Atualmente, existem vários procedimentos de lipoaspiração, que variam de acordo com a técnica empregada. São conhecidos como vibrolipo, lipolaser, entre outros. Portanto, sendo todos os tipos de lipo considerados procedimentos cirúrgicos, é importante ressaltar que somente médicos cirurgiões plásticos estão aptos e autorizados a realizá-los.

 

  • Como é o procedimento de lipo?

 

Todo tipo de lipo é feito a partir de uma pequena incisão na pele e a introdução de uma cânula. A partir daí, uma solução de soro fisiológico é introduzida para aumentar o volume da gordura. Anestésicos locais para dor e adrenalina para reduzir o sangramento também são utilizados. Em geral a anestesia usada é a Peridural.

 

  • Quais indicações para a lipo?

 

Primeiramente é importante lembrar que a lipo não é um procedimento para perder peso ou  emagrecer e sim para modelar o corpo. É indicada principalmente para pessoas que não conseguem reduzir a gordura mediante dieta e exercícios físicos.

 

  • A lipoaspiração é um procedimento perigoso?

 

Por ser um procedimento cirúrgico, a lipoaspiração também oferece riscos, como qualquer outra cirurgia. Mas com o avanço da medicina, os riscos e complicações foram extremamente minimizados nos últimos anos. Entre os principais riscos estão a trombose venosa, tromboembolismo pulmonar e óbito, além de sangramentos, infecção e alterações na pele. Por isso, nunca é demais ressaltar que a lipo deve ser realizada em ambiente hospitalar, por profissional devidamente credenciado.

 

  • Em quais locais do corpo a lipo pode ser realizada?

 

Em praticamente qualquer área do corpo que sofra com o acúmulo de gordura. Inclui abdômen, coxas, região dorsal, braços, “papada” e lateral da mama.

 

  • Como é o pós-operatório?

 

A recuperação geralmente é bastante rápida. Com uma semana já possível voltar às atividades profissionais. No primeiro mês não é recomendado esforço físico. Medicação analgésica e antibióticos também são prescritos. Já o uso de cinta modeladora é altamente recomendável.

Em São Paulo e São José dos Campos, a Clínica Dr. Juan Sánchez é uma das mais conceituadas e conta com profissionais altamente especializados e equipamentos de ponta para a realização de inúmeros procedimentos cirúrgicos e estéticos, entre eles a lipoaspiração, a lipoescultura, a vibrolipo e a lipolaser.

A clínica possui endereços na Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, 105, em São Paulo e a na Rua Santa Clara, 1035, em São José dos Campos. Para mais informações: www.drjuan.com.br.