Nesse artigo você vai conhecer mais sobre 5 Mitos e Verdades Sobre Cirurgias Plásticas, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Beleza. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

Diz o antigo ditado que “de médico e louco todo mundo tem um pouco”. Com base nessa premissa popular é possível observar que as informações sobre questões médicas e de saúde muitas vezes são distorcidas criando situações que podem, no extremo, colocar a vida das pessoas em risco.

Essa realidade acontece em praticamente todas as especialidades médicas e não é diferente quando o assunto é cirurgia plástica (https://drjuan.com.br/). Nesse caso, os principais mitos estão relacionados aos riscos dos procedimentos, ou mesmo às expectativas em relação aos resultados possibilitados pelos diversos tipos de cirurgia plástica.

E em tempos de fake News, é muito importante ficarmos atentos em relação às informações que cercam o universo das cirurgias plásticas. Com o intuito de desvendar alguns mitos, listamos questões pertinentes que costumam confundir a cabeça de quem pretende se submeter a algum procedimento.

Antes de uma cirurgia plástica é recomendável parar de fumar.

Verdade: Embora muita gente minimize essa questão, ela é extremamente importante. O fumante que pretende se submeter a uma cirurgia plástica deve ficar sem fumar por pelo menos duas semanas antes da cirurgia. Essa recomendação tem como objetivo interromper o consumo da nicotina, que provoca contração dos vasos sanguíneos, dificultando a irrigação de sangue e comprometendo a cicatrização. Em casos extremos, o fumo pode levar até a necrose do tecido. Além do período pré-operatório, também é recomendável que se evite o cigarro por pelo menos 30 dias após o procedimento.

As próteses mamárias precisam ser trocadas a cada 10 anos.

Mito: Essa questão já foi verdadeira. As primeiras próteses implantadas, nas décadas de 80 e 90, realmente demandavam a troca com 10 anos de uso. As próteses mais modernas, no entanto, têm prazo de validade bem maior e podem durar até 25 anos. Mesmo com uma maior durabilidade é preciso fazer verificações periódicas com o médico cirurgião, que irá avaliar as condições das próteses.

Os resultados das cirurgias plásticas podem ser observados já a partir da primeira semana após a cirurgia.

Mito: O tempo de recuperação de uma cirurgia plástica, a fim de que seus resultados sejam percebidos, podem variar de acordo com o procedimento. Em intervenções mais simples, realmente é possível observar os primeiros resultados em poucos dias. No entanto, em procedimentos mais complexos, como os faciais por exemplo, os resultados finais só se consolidam após alguns meses, ou até mesmo após um ano.

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica.

Verdade: Ao contrário do que muita gente pensa, a lipoaspiração não é um procedimento estético, e sim cirúrgico. Por esse motivo, a lipo só deve ser realizada por cirurgião plástico. Afinal, como toda cirurgia plástica, a lipo também demanda anestesia e incisão do tecido. E apesar de do baixo índice de complicações, a lipoaspiração apresenta riscos de complicações, que em casos extremos pode levar ao óbito do paciente como qualquer procedimento cirúrgico.

Qualquer médico cirurgião pode fazer cirurgias plásticas.

Mito: Apenas médicos cirurgiões plásticos podem atuar na realização de procedimentos estéticos e reparadores. Para trabalhar como cirurgião plástico, o médico precisa ter especialização na área e ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Lembrando que o médico só pode atuar em ambiente devidamente preparado e equipado para a prática cirúrgica, de acordo com todas as normas de saúde vigentes.