Você não resiste a um delicioso chocolate? Saiba que o chocolate amargo é uma boa opção para os chocólatras, já que oferece diversos benefícios à saúde. De acordo com pesquisas, ele melhora a imunidade, o humor e a memória. Além disso, o cacau possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Conheça outros benefícios para a saúde.

 

Benefícios do chocolate amargo para a saúde

Diferente de outros tipos de chocolates, o amargo possui alta concentração de cacau, o que contribui com a saúde do nosso corpo. O cacau é uma excelente fonte de flavonóides, favorecendo assim, a saúde endócrina, cognitiva e cardiovascular.

Além disso, ele protege a visão, sistema cardiovascular, melhora a circulação, mantém a flexibilidade das artérias e melhora os níveis de estresse. Análises foram realizadas durante anos para se comprovar a influência do chocolate amargo nas funções neurológicas.

Embora o doce tenha teor de açúcar, sua alta concentração de cacau sobressai, promovendo todos esses benefícios à saúde. Veja em detalhes seus benefícios:

Crie sua loja virtual na Nuvem Shop
  • Melhora o metabolismo

Ele aumenta o metabolismo, ou seja, queima gordura contribuindo assim, com a sua meta para perder peso rápido. Isso ocorre pelo fato desse doce conter gorduras monoinsaturadas, que estimula o organismo a usar uma quantidade maior de energia dos estoques de gordura. Para esse efeito, é indicado o consumo diário de dois a três porções (até 30 gramas) de chocolate amargo que tenha 70% de teor de cacau.

  • Ajuda a melhorar a visão

Devido suas propriedades em melhorar a circulação, inclusive do sangue que chega ao cérebro, o chocolate amargo ajuda com o fluxo de sangue até a retina, o que melhora a visão.

  • Proporciona sensação de bem-estar

O chocolate amargo possui substâncias que contribuem em elevar a sensação de bem-estar e por sua vez, melhora os níveis de humor e a disposição. Entre as substâncias, estão a anandamida, serotonina, teobromina e a endorfina, ambas também reduzem o estresse.

  • Regula os níveis de glicose

O chocolate amargo ajuda no controle de glicose no sangue, o que evita a liberação de insulina de forma excessiva. Além disso, suas gorduras retardam a absorção de açúcar no sangue, prevenindo assim, picos de insulina.

  • Controla o apetite

Por retardar a digestão, o doce aumenta a saciedade. Além disso, os flavonóides do chocolate amargo diminuem a resistência à insulina, controlando assim, variações de açúcar no sangue, minimizando a fome.

  • Reduz a pressão arterial

Ele é capaz de reduzir a pressão arterial por conter cacau em alta concentração e, sucessivamente, é rico em procianidinas e catequinas, potentes antioxidantes que inibem uma enzima que aumenta a pressão sanguínea. Já os flavonóides presentes no cacau estimulam a produção de óxido nítrico, responsável em enviar sinais para que as artérias relaxem e por diminuir a pressão arterial e a resistência do fluxo sanguíneo.

  • Contribui contra ataques de tosse

O doce possui teobromina, um componente que atua sobre o nervo vago, que é a parte do cérebro responsável pelos ataques de tosse.

  • Protege o coração

O chocolate amargo aumenta o colesterol HDL e diminui as taxas de LDL, bem como também reduz a pressão sanguínea. Além disso, protege contra infarto e obstruções arteriais, é fonte de antioxidantes e luta contra radicais livres.

Como você pode perceber, o chocolate amargo é uma excelente opção de sobremesa, pois além de ser um doce saboroso, oferece muitos benefícios à saúde. Aproveite!

Escrito por Andreia Silveira, colaboradora do site PlanodeSaudeNota10