Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Tratamentos Naturais Para Queda de Cabelo, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de dicas de saúde. Não esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com seus amigos, fique a vontade e boa leitura.

Os principais tratamentos naturais para queda de cabelo levam plantas medicinais e fitoterápicas que ajudam no fortalecimento dos fios, a manter o couro cabeludo saudável e a promover o crescimento.

Os tratamentos naturais para queda de cabelo, de modo geral, ajudam a melhorar condições que estimulam a queda de cabelo como oleosidade ou falta de hidratação (mais comuns em mulheres).

Recorrer aos métodos naturais para queda de cabelo é uma excelente forma de fazer o cabelo crescer mais rápido, evitar a perda de cabelo para quem já tem predisposição ou mesmo otimizar o tratamento.

O que causa queda de cabelo

Estima-se que no couro cabeludo existam 100 mil fios de cabelo e é normal que, por dia, caiam entre 50 e 100 fios. No entanto, quando a queda supera esse limite, é o momento de começar a tratar, já que pode avançar e se tornar um problema maior, a calvície.

A perda dos cabelos é um problema comum e que atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Homens, em geral, são os mais afetados pela calvície ou alopecia androgenética, embora muitas mulheres também sofram deste problema.

A perda dos cabelos pode ser progressiva, no caso da calvície masculina, mas também pode acontecer de repente, no caso da alopecia areata. Pode acometer somente o couro cabeludo, mas também pode atingir todo o corpo. Alguns tipos de alopecia são apenas temporários, já outros são permanentes.

Entre suas principais causas, temos:

  • Envelhecimento;
  • Efeitos ambientais;
  • Estresse acentuado;
  • Consumo excessivo de tabaco;
  • Deficiências nutricionais;
  • Desequilíbrio hormonal;
  • Fatores genéticos;
  • Infecções do couro cabeludo;
  • Uso de produtos químicos para o cabelo;
  • Certos medicamentos;
  • Doenças autoimunes, síndrome do ovário policístico, anemia por deficiência de ferro ou doenças crônicas.

 

LEIA TAMBÉM:

Como vencer o ”monstro” da Ejaculação Precoce

Quase metade do mundo é fumante Não faça parte dessa estatística: pare de fumar

 

Como evitar queda de cabelo

  • Manter os cabelos sempre limpos;
  • Enxaguar muito bem os cabelos retirando todo o shampoo e o condicionador;
  • Desembaraçar os cabelos ainda no banho quando passar o creme ou condicionador;
  • Preferir usar escovas com pinos que apresentam bolinhas de massagem na ponta protegem o couro cabeludo;
  • Reduzir o estresse;
  • Fazer exercícios físicos;
  • Não prender os fios molhados;
  • Ficar atento ao couro cabeludo: se está apresentando frequentemente situações de caspa ou descamação, feridas, dor e coceira;
  • Evitar o álcool e o fumo;
  • Cuidar da alimentação;
  • Reduzir os processos químicos.

 

Tratamentos para alopecia androgênica

A alopecia androgenética, como o próprio nome indica, é fortemente determinada pelo nosso perfil genético – o que significa que a tendência à calvície permanece por toda a vida. O que os tratamentos disponíveis atualmente fazem é minimizar, atrasar ou interromper a manifestação dessa tendência.

Mais à frente, vamos abordar os medicamentos que podem ser utilizados. Eles podem ser sistêmicos (com ingresso no organismo como um todo), tópicos (utilizados no local em forma de xampu, cremes e ou pomadas).

 

Shampoo antiqueda de cabelo

Ingredientes geralmente presentes em shampoos para queda de cabelo:

  • Cafeína;
  • Biotina;
  • Saw Palmeto;
  • Niacina (vitamina B3);
  • Vitamina B6;
  • Vitamina B12;
  • Tea Tree Oil;
  • Extrato de Urtiga (Nettle Extract);
  • Ácido Lático (Lactic Acid);
  • Vitamina E;
  • Zinco;
  • Queratina;
  • Semente de Abóbora (Pumpkin Seed);
  • Magnésio;

 

Vitamina para queda de cabelo

Alguns exemplos de vitaminas para queda de cabelo feminino são:

  • Pantogar;
  • Concentrado à base de ômega 3, óleo de semente de groselha e licopeno;
  • Vitamina D;
  • Anastim;
  • Avicis;
  • Vitamina A;
  • Vitaminas do complexo B;
  • Vitamina B6;
  • Biotina;
  • Vitamina C;
  • Vitamina D;
  • Vitamina E;
  • Ferro;
  • Zinco;
  • Antioxidantes – as vitaminas A, C e E juntas;
  • Proteínas;
  • Acido pantotênico ou vitamina B5;

Para quem deseja cuidar da saúde de cabelos, uma dica é usar poli vitamínicos, pois estes oferecem muitas destas vitaminas.

 

Implante capilar

O implante capilar refere-se ao enxerto de fios artificiais no couro cabeludo, ou seja, nesse procedimento, o doador não é o próprio receptor. Já no transplante capilar, o doador é também o receptor, e nessa técnica os fios são retirados de uma área doadora do paciente e implantados em uma área receptora do mesmo indivíduo.

Essas terapias poderão ser realizadas até o momento em que não surtirem mais efeito, ocasião na qual a cirurgia poderá ser encarada como uma alternativa diante da perda dos cabelos. De qualquer forma, cada caso é um caso, e mesmo jovens podem realizar a referida cirurgia caso sua calvície e já tenho evoluído para estágios mais avançados. Assim, o recurso cirúrgico é recomendado tanto para pessoas que atingiram um elevado grau de calvície, quanto para aquelas que já começaram a perder fios e não querem deixar a calvície se estender.

A FUE (Follicular Unit Extraction) é a mais moderna técnica de transplante capilar, e permite reverter o quadro de calvície com bastante naturalidade e eficiência. Enquanto que na técnica convencional de transplante capilar costuma se utilizar de 80 a 100 mudas de cabelo, na FUE usa-se aproximadamente 2.000 mudas por sessão. Na FUE, a probabilidade de se obter um cabeleira com aspecto mais natural é muito maior.

Remédio para queda de cabelo

Para tratar a queda de cabelo, há medicamentos sistêmicos, tópicos e naturais. Algumas das opções de tratamento no nível sistêmico são: a finasterida, a dutasterida, os antagonistas dos receptores androgênicos, que englobam três medicamentos: a flutamida, a espironolactona e o acetato de ciproterona. Já os tópicos, incluem o minoxidil, o cetoconazol e a antralina.

Todos esses medicamentos podem apresentar efeitos colaterais e têm contraindicações. Por isso, devem ser administrados somente por especialistas.

 

Tratamento natural para queda de cabelos

A vantagem dos tratamentos naturais para queda de cabelo é que eles não causam efeitos colaterais.  Outro diferencial do tratamento Natural para queda dos cabelos é sua facilidade, uma vez que é possível realizá-lo em qualquer lugar. Sem gastar uma pequena fortuna, como acontece com os medicamentos tradicionais. Os resultados de um tratamento natural não são imediatos, mas eles costumam acontecer em grande parte dos casos.

  • Creme de Amoreira

As folhas de amora ajudam na circulação sanguínea de forma que permite a melhor absorção de nutrientes pelo bulbo capilar. Assim, mantém os fios mais nutridos e fortes.

 

  • Babosa (Aloe Vera)

Babosa é um dos tratamentos mais comuns contra queda de cabelo é, sem dúvidas, o uso da babosa. Essa planta já é utilizada para esse fim há mais de dois mil anos e, para muitos, é a melhor solução caseira contra queda de cabelo.

  • Gérmen De Trigo

O Gérmen de trigo é muito poderoso contra a queda de cabelo porque supre os       fios com todos os nutrientes que poderiam estar faltando.

  • Abacate

O abacate é composto em grande parte por óleos essenciais e vitaminas entre a B e E muito importante para o crescimento saudável dos fios.

  • Alimentação Equilibrada

Para prevenir a queda de cabelo e gerar um ambiente saudável para a recuperação das falhas no couro cabeludo é preciso incluir alimentos que tenham os seguintes nutrientes no seu cardápio:

  • Vitamina A – Bife de fígado, gema de ovo, leite, cenoura;
  • Vitamina B – Cereais integrais, carnes magras e nozes;
  • Betacaroteno – Cenoura, rúcula, espinafre, agrião;
  • Ferro – Uva passas, couve e cereja, folha de amora;
  • Proteínas – Peixe, frango, queijo, feijão, leite de soja;
  • Zinco – Fígado, gérmen de trigo, ostras e peixes;
  • A sua dieta diária também deve incluir muita água, afinal, ela ajuda a hidratar não somente o couro cabeludo como todo o corpo.
  • Massagem

Massagem ativa a circulação sanguínea nessa parte da cabeça e faz com que seu cabelo cresça mais rápido, com muito mais força, resistência e saúde.

  • Chá verde com o chá de hortelã

Tanto o chá verde como o chá de hortelã ajuda a refrescar o couro cabeludo nos casos em que a queda de cabelo é causada por irritações, alergias e até seborreia no couro cabeludo.

  • Massagem com óleo essencial

As massagens com óleo essencial para o cabelo são muito adequadas para combater a queda, já que estimulam o fluxo sanguíneo aos folículos pilosos e fortalecem as raízes. Entre os óleos que podem ser usados com essa finalidade, encontramos o óleo de coco, amêndoas, oliva, rícino e de alecrim.

  • Feno grego

Este ingrediente natural ficou popular por sua efetividade em combater a perda de cabelo. O feno negro contém estrogênios e outras substâncias similares ao hormônio sexual feminino, que melhoram o crescimento do cabelo e ajudam a reconstruir os folículos pilosos.

  • Suco de cebola

Por seu alto conteúdo de enxofre, o suco de cebola ajuda a melhorar a circulação do sangue nos folículos pilosos, regenerando-os e reduzindo a inflamação.