Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Depilação a Laser x Fotodepilação, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de dicas de estética. Não esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com seus amigos, fique a vontade e boa leitura.

No intuito de dizer adeus à cera, lâminas, ou até mesmo melhorar a foliculite (inflamação dos poros – causado por agressão local; os poros reagem formando pústulas brancas, como se fossem espinhas), muitas pessoas recorrem à depilação a laser ou à fotodepilação. 

Os dois métodos atuam emitindo uma luz que é captada pela melanina presente nos pelos e transformada em calor. Assim consegue-se o enfraquecimento do pelo e a eliminação de forma duradoura.

Não se pode falar em depilação totalmente definitiva. Todos os dois métodos (respeitando a diferença entre eles de quantidade de sessões) conseguem eliminar boa parte dos fios indesejáveis (em torno de 90%) ao final do tratamento, porém após alguns meses ou anos, em média 40% dos fios podem retornar sendo necessárias novas sessões de manutenção.  Lembrando que fatores individuais com hormônios, alterações ovarianas, aspectos familiares como hirsutismo, cor e espessura dos fios podem interferir no resultado final e número de sessões. Por isso é importante uma avaliação criteriosa antes de dar início ao tratamento.

É importante salientar também que o resultado do tratamento depende muito da máquina, energia  utilizada e da frequência entre as sessões.

depilação a laser

Mas, entre uma e outra, qual é a melhor opção?

Laser: O laser em geral usa uma ponteira menor e a temperatura da luz é maior, causando incômodo. A luz do laser penetra nas camadas da pele e causa pequenos choques, podendo algumas vezes causar até queimaduras. Dessa forma ele é considerado agressivo, mas não irá causar danos irreparáveis na pele. A ação do laser depende da melanina que escurece os pelos. Por isso esse método é mais eficiente em pessoas que têm a pele clara e pelos escuros.

Fotodepilação: Por ser possível graduar a intensidade do espectro de luz, e um comprimento de onda diferente, a depilação é mais suave. Ela pode inclusive ser usada para o tratamento de manchas ou rejuvenescimento facial, pois a luz estimula a produção de colágeno. Podendo ser aplicada em todos fototipos. Como a energia é utilizada com menos intensidade nesse tratamento, a chance da pele queimar é bem menor.

 

LEIA TAMBÉM:

Como Eliminar Estrias Naturalmente

 

fotodepilação

Cuidados antes do procedimento

As recomendações são exatamente iguais para os dois procedimentos: a pele não pode estar bronzeada, não pode haver focos de vermelhidão, machucados e deve-se interromper o tratamento com ácidos pelo menos 72 horas antes.

Para realizar a sessão do laser o pelo não pode ter sido retirado pela raiz (com cera ou pinça) no último mês.

Cuidados pós-tratamento

O cuidado após o procedimento é basicamente o mesmo para os dois tratamentos: não se expor ao sol sem proteção solar, principalmente, se houver vermelhidão na área tratada. Para bronzeamento ou exposição ao sol somente após 15 dias da aplicação.

Em resumo, as máquinas de fotodeplação e laser vieram para melhorar a qualidade de vida de homens e mulheres. Podem ser realizadas em qualquer área do corpo desde barba, costas, nuca, axilas, pernas, virilha entre outros.

Ao se submeter ao tratamento deve se seguir criteriosamente os cuidados necessários, fugindo de promoções de sites de ofertas, ou empresas duvidosas, pois nessa hora, qualidade e segurança fazem diferença. Você se preocupa com sua pele? Quer segurança e resultado? Às vezes o barato sai caro. Pense sempre nisso!

Se o artigo lhe foi útil deixe seu comentário ou dúvida abaixo, você também pode sugerir novos assuntos e quem sabe escreverei um artigo completo para esclarecer suas dúvidas!  Aproveite para ler os outros artigos no Portal Bora Viver Bem, e me siga no Instagram ou Facebook.

Bruna Penna me Explica