Nesse artigo você vai conhecer mais sobre Dieta para Diabéticos, espero que goste, aproveite também para conhecer outros artigos relacionados na nossa categoria de Saúde. Por favor, se esse artigo for relevante para você, deixe um comentário no final da página, e muito importante para nossa equipe! Fique a vontade e boa leitura.

Como é essa Dieta para Diabéticos ? Que alimentos são indicados ? Quais alimentos se precisa evitar?

A melhor dieta a se seguir, no caso, é aquela que privilegia alimentos verde que ajudem a acertar os graus glicêmicos. Porém, não há dieta que possa ser bastante sem que esta esteja associada à exercício físico. No último Assembleia da Agremiação Italiana de Diabetologia (SID) os especialistas falaram de atitudes pequenas no entanto bastante essenciais para combater a diabetes na alimentação.

A questão é seguir os alimentos indicados e usá-los em uma determinada ordem que beneficie o processamento nutricional.

 

Dieta para Diabéticos: O que alimentar-se se você tem diabetes ?

Os que sofrem de diabetes precisam ingerir alimentos com baixo índice glicêmico (base adequado para agrupar os alimentos de acordo com o resultado que eles abrange sobre o açúcar no sangue).

A Dieta para Diabéticos é um dispositivo curativo essencial para evitar problemas com essa enfermidade. E dieta ou seja: o que se come, quanto se come e como se come.

A dieta mediterrânea também é considerada a mais adequada, em caso de diabetes uma vez que, privilegia alimentos com atuação anti-inflamatória que auxiliam na personalidade de correção das artérias, mantendo-as jovens e saudáveis.

Nesta dieta , recomenda-se o uso legítimo de verdura porém similarmente de tubérculos, algumas frutas e alguns cereais, de preferência, integrais, limitando drasticamente o uso de pães e massas feitos de farinha branco e, evidente, de gorduras de origem animal.

Lugar de dignidade na dieta mediterrânea possui o óleo de azeitona extra virgem, o melhor óleo para todas as refeições.

O óleo de azeitona, de ótima qualidade e autenticidade comprovada, reduz o açúcar no sangue mantendo o gosto de uma alimentação rica e glicêmica no entanto, favorável.

 

LEIA TAMBÉM: TOP 7 Alimentos para Acelerar o Metabolismo e Emagrecer

 

Diabetes Tipo 2

No caso da diabetes tipo 2 é importantíssima a consumo de óleo de peixe para a proteção das artérias. Trata-se de acrescentar ácidos graxos fundamentais, como o Ômega 3, que, como sabemos, similarmente há em alguns alimentos de origem vegetal.

Até inclusive algumas ervas aromáticas ou especiarias precisam ser utilizadas mais constantemente na dieta para diabéticos . Aqui se trata, especificamente, do orégano e do alecrim que, já foi comprovado, auxiliam no batalha da diabetes . Até a canela é um alimento fundamental para os diabéticos . De acordo com um pesquisa médico, a consumo de uma dose diária de 6 g de canela reduz o açúcar no sangue daqueles que sofrem de diabetes tipo 2.

Em seguida, há o açafrão-da-terra, ou cúrcuma, que similarmente age na diminuição da glicemia no sangue. A dieta para diabéticos precisa adicionar similarmente alimentos vegetais ricos em fibras, uma vez que as fibras auxiliam na diminuição da absorvimento da glicose, e ricos em antioxidantes.

Dieta para Diabéticos

  • Recapitulando, a dieta para diabéticos precisa adicionar, então:
  • Verdura e frutas
  • Grãos integrais
  • Óleo extra virgem
  • Peixes ou alimentos ricos em Ômega 3
  • Alimentos ricos em fibra
  • Alimentos ricos em antioxidantes
  • Alecrim e orégano
  • Canela e açafrão

De acordo com as dicas da Instituição Veronesi, a melhor forma do diabético se alimentar é:

  • Consumindo 5 porções diárias de frutas e verdura vários diversificando as cores: verde (verduras folhosas), vermelho (tomate), laranja (cenoura, laranjas)
  • Opte, constantemente, pão e macarrão feitos com trigo integral
  • 3 vezes por semana, consuma leguminosas ( feijão, lentilha, grão de bico, ervilhas, etc).
  • Se alimente, no mínimo, duas porções de peixe por semana (opte os peixes de águas frias, mais ricos em ômega 3)
  • Opte carne branco magra (evite carnes vermelhas ou cheias de gordura)
  • Beba um taça de leite desnatado ao dia ou um iogurte desnatado
  • Consuma queijo e itens lácteos não mais de 2 vezes por semana
  • Para aferventar, refogar, realizar molhos ou abrandar a salada use óleo de azeitona ou de sementes oleaginosas, evitando as gorduras “saturadas”, como manteiga, banha, creme de leite, bacon, etc
  • Reduza, ao máximo, todo uso de gordura “trans”, presente em bolachas, biscoitos, salgadinhos e mais itens industrializados que ostentam rótulos com a figura de óleos hidrogenados ou de gorduras parcialmente hidrogenadas
  • Se beber bebidas alcoólicas como vinho ou chope, limite o uso de bebida alcoólica a uma indicador (taça ou caneco) por dia para mulheres e duas para os homens, de preferência ao longo as refeições. Alimentos que precisam ser preferidas
  • Leguminosas e arroz integral
  • Massas com molhos leves e evitando acasalar, na mesma alimentação, 2 amidos (pão e macarrão ou pão e arroz ou pizza e bolinhos);
  • Tubérculos em quantidades moderadas;
  • Verduras e frutas, a não ser as bastante ricas em açúcares;
  • Adoçantes não calóricos e com equilíbrio; água mineral e bebidas sem açúcar.

 

Os alimentos a Evitar

Na dieta para diabéticos , e em todas as outras dietas saudáveis, é bom evitar o exagero de carboidratos refinados e açúcar branco do mesmo jeito que todos os alimentos que os contenham como: bolos, biscoitos, bolos, lanches, massas, pão e arroz branco, sucos de frutas industrializados e bebidas açucaradas, compotas, mel.

É similarmente preciso diminuir o uso de frutas bastante ricas em frutose como: bananas, damascos, figos, uvas, tâmaras e frutos secos. O uso de bebidas alcoólicas (a não ser vinho e cerveja, com as restrições de porção já mencionadas) precisa ser drasticamente evitado pelos diabéticos uma vez que, o bebida alcoólica age negativamente no metabolismo da insulina.

  • Em apanhado, em uma dieta para diabéticos , os seguintes alimentos precisam ser limitados ou evitados:
  • Açúcar
  • Mel
  • Doces
  • Bolos, bolachas, biscoitos e lanches
  • Sorvete e lanches embalados
  • Geléia
  • Frutas ricas em frutose
  • Frutos secos
  • Grãos refinados
  • Gordura trans e Condimentos
  • Sumos de fruto e bebidas açucaradas
  • Bebida alcoólica dieta para diabéticos

 

Como Prevenir Diabetes Tipo 2

A diabetes tipo 2 pode ser prevenida com a alimentação adequada. Sem dúvida, seguir uma dieta dominantemente à base de verduras, algumas especiarias e ervas capazes de reduzir o nível de açúcar no sangue, associando esta refeição a exercício física diária, moderada (pode ser que uma caminhada todos os dias) são armas que todos possuimos disponíveis para evitar o perigo de diabetes tipo 2.

Por isso, tenha em mente, todos os dias, de preferir:

  • Verdura, frutas e legumes
  • Alimentos integrais
  • Utilizar ervas e especiarias como alecrim, orégano, canela e açafrão
  • Caminhe ou faça outra exercício física

 

Como cozinhar os alimentos similarmente é fundamental

Uma estudo da Academia de Medicina Mount Sinai (New York) afirma que cozinhar ao vapor ou agitação do mesmo jeito que grelhar os alimentos, é a melhor forma de se diminuir o perigo de reproduzir a diabetes tipo 2.

 

Fibras para Diabético

Um diabético precisa beber fibras visto que reduz a absorvimento de glicose na corrente sanguínea e, logo após, diminuir as oscilações de açúcar no sangue. Além do mais, as fibras similarmente melhoram a receptividade à insulina, contrariando a resistência à insulina.

O diabético precisa alimentar-se grãos e legumes ricos em fibras.

E quanto à gordura?

Um diabético precisa similarmente diminuir o uso de gorduras animais visto que aumentam a resistência à insulina. Melhor beber ômega 3 e ômega 6 de origem orgânico, tais como os derivados de nozes, amêndoas, avelãs, sementes de girassol, etc.

Sobre a Carga Glicêmica?

Similarmente fundamental é a abundância glicêmica da alimentação. A abundância da glicemia é o resultado da conciliação dos alimentos com um índice glicêmico distinto. Tendo como exemplo para diminuir o índice glicêmico do trigo ou do arroz é bom alimentar-se constantemente um prato de verdura crus misturados a esses. Nós associamos constantemente legumes ou algas para diminuir a abundância glicêmica da alimentação.

Obs.: O conteúdo desse artigo e apenas para informações, o mesmo não substitui a orientação de um médico.